Conheça nossos planos

Publicado em:

O que você precisa saber antes de processar alguém

Antes de entrar com um processo é preciso levar alguns fatores em consideração. Veja abaixo alguns deles:

  1. 1 Tenha uma boa razão

Devido ao grande número de casos e processos, o poder judiciário não pode se ocupar de coisas que não sejam realmente importantes ou urgentes.
Se o seu caso pode ser resolvido com uma conversa e um acordo, melhor.

  1. 2 Contrate um bom advogado especialista no assunto

Quando a intenção é processar alguém é esperado que o resultado seja positivo, ou seja, que o caso seja ganho. Por isso, procure um bom profissional, de preferência especializado na área em que sua situação se encaixa.

Outra razão para isso é que, a pessoa que for processada, também irá procurar um ótimo advogado para defendê-la.

  1. 3 Antes entrar com um processo busque outras maneiras de resolver a situação

Querer processar alguém é uma atitude que deve ser tomada em último caso, por não ser algo agradável nem para você nem para a outra pessoa.

Portanto, dependendo do caso (quando não houver agressão moral ou física) converse com a parte que te prejudicou e tente um acordo. Quando, por exemplo, ao alguém que lhe vender um produto danificado exija, através de um acordo, um item novo ou o seu dinheiro de volta. Caso não consiga, uma opção é procurar o Procon.

No caso de agressões física ou moral, primeiramente, vá até uma delegacia e preste uma queixa. É através dela que você expressa sua vontade de processar a parte que lhe causou o dano. Jamais tenha uma conversa a sós com o agressor. Se o contato for necessário, vá acompanhado.

  1. 4 Obtenha e junte as provas

Para processar e ter chances de ganhar é preciso, primeiramente, provar que algo foi feito contra você.

Por exemplo, no caso de ter sofrido Cyberbullying, e-mails, print screens e outros documentos devem ser salvos como evidências iniciais e analisados por um profissional especializado (advogado de direito e internet ou perito) para ver se há veracidade e relevância.

Neste caso e em caso de agressões, caso haja testemunhas, elas são essenciais.

  1. 5 Esteja ciente dos riscos de entrar com um processo

Primeiramente, saiba que processar alguém não trará sua dignidade e auto-estima de volta. No caso do dano moral, não há como mensurar a reparação em valores financeiros, por isso, eles não podem ser definidos sem uma decisão judicial.

O ressarcimento pode trazer solução material e alívio no sentido de ter tomado uma decisão, mas ele não é essencial para sua recuperação moral. Procurar coisas que te façam bem, se distrair e respeitar o tempo para se restabelecer aos poucos pode ser mais eficaz.

Também é importante levar em conta as chances de se perder o processo e dos gastos que terá que arcar caso isto aconteça, como pagar os honorários advocatícios da parte que ganhou. Talvez isto piore ainda mais seu estado emocional. Por isso, pense bem antes de processar alguém.

Comentários